ESA CE

ESA Ceará transmitiu seminário do GETRAB-USP sobre a covid-19 e suas implicações nos direitos da personalidade e responsabilidade civil

A pandemia da Covid-19 gerou consequências sem precedentes para a sociedade mundial nos mais diversos aspectos. Com isso, pesquisadores de todo o mundo se debruçam desde o início desse contexto pandêmico em busca de soluções de saúde, e também para compreender os impactos desse momento na vida de todos. Colaborando para essas discussões, o Grupo de Estudos de Direito Contemporâneo do Trabalho e da Seguridade Social (GETRAB-USP) realizou evento aberto ao público nesta quinta-feira (24/6).

Intitulado “Seminário: COVID-19 e suas implicações nos direitos da personalidade e responsabilidade civil”, o evento online abordou uma série de temáticas para contribuir com o desenvolvimento dessa pauta. O GETRAB-USP contou com apoio da Academia Brasileira de Direito do Trabalho e das Escolas Superiores da Advocacia do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e do Ceará, essa última responsável pela transmissão do evento. 

“Reunimos importantes nomes para tratar dessa temática tão sensível, uma pandemia que mexeu com a vida de todos nós nos mais diferentes aspectos. Esperamos que as discussões aqui levantadas hoje tragam importantes reflexões e estudos e celebro a realização de mais esse evento em uma parceria do GETRAB-USP, grupo de estudos que tenho alegria de fazer parte”, celebrou Eduardo Pragmácio Filho, presidente da ESA Ceará.

Já na abertura do evento, o coordenador do GETRAB-USP, professor Nelson Mannrich, lembrou da importância das conexões realizadas entre a academia e a sociedade. “Um grupo de estudos tem que oferecer para a comunidade alguma coisa importante, um projeto, mas também tem que ouvir aqueles que tem uma mensagem para transmitir. Hoje nosso grupo é privilegiado com três palestrantes que enfrentam temas que nos preocupam, extremamente complexos, mas com pessoas competentes e preparadas para enfrentá-los”,  afirmou.

O Seminário contou com a participação dos palestrantes José Affonso Dallegrave Neto, professor pós-doutor pela Universidade de Lisboa, Maria Regina Gomes Redinha, professora da Faculdade de Direito da Universidade do Porto (FDUP), e Alexandre Agra Belmonte, Ministro do Tribunal Superior do Trabalho e presidente da ABDT. Os três falaram sobre “COVID-19 como doença ocupacional: caracterização e efeitos”, “Reserva da intimidade da vida privada diante da covid-19” e “COVID-19: responsabilidade civil nas relações do trabalho”, respectivamente.