A Escola Superior de Advocacia do Ceará (ESA-CE), reuniu os seus representantes em todo o Estado do Ceará para um diálogo de aperfeiçoamento e objetivando novas estratégias à advocacia. De forma virtual, o encontro ocorreu na terça-feira (16/06), e foi conduzido pelo novo presidente da ESA, eleito pelo conselho estadual da Ordem Alencarina, Eduardo Pragmácio. O objetivo do encontro foi, além de apresentar a nova diretoria, debater o aperfeiçoamento das escolas e coletar sugestões, assim como promover a troca de experiências. Também aproximar as vivências práticas de cada Estado no que tange a formação profissional do advogado.

A pauta da reunião trouxe a apresentação oficial sobre a portaria assinada conjuntamente entre ESA-CE e OAB-CE que determina um contingente mínimo de 50% de mulheres para ocuparem função de palestrantes, facilitadoras, mediadoras e professoras em eventos promovidos pela ESA-CE. O documento considera a regulamentação do Plano Nacional de Valorização da Mulher Advogada e a necessidade de uma gestão inclusiva, que promova a igualdade de gênero, sem se descuidar da proteção à diversidade de gênero.

Para o presidente da ESA-CE, uma das prioridades será promover uma gestão inclusiva. “É a partir da nossa união que venceremos os diversos desafios do dia a dia. Ao lado de toda a diretoria desse braço educacional e cultural da Ordem dos Advogados, pretendo promover a formação profissional com mais ferramentas tecnológicas, inclusiva, e partidária”, destacou Eduardo Pragmácio.

Também foram tratados assuntos como organização de congressos regionais; palestras, cursos de capacitação; o plano de gestão da ESA; e a parceria com a OAB-CE para a multiplicação da valorização do ensino jurídico em todo o Estado. O diretor acadêmico, Leonardo Leal, afirma que “levar mais conhecimento e capacitação jurídica ao interior, por exemplo, é e sempre será a missão na ESA”, disse.

Átila Gomes, diretor adjunto para a Jovem Advocacia, reitera a importância na continuidade e maior extensão dos trabalhos da Escola. “Especialmente agora, com o emprego de plataformas digitais, que aproximará ainda mais as ações da capital e interior, com grande destaque, para os cursos preparatórios ao exercício da Advocacia, cursos práticos, pós-graduação dentre outros tantos convênios”, informou.

A presidente da ESA na Subsecção de Iguatu, Nazaré Uchôa, destaca que a reunião com diretores e representantes do interior foi bastante produtiva. “Acredito que contribuiu para aumentar ainda mais a interação entre as Subsecções e a Escola Superior da Advocacia, bem como proporcionar um melhor planejamento de ações conjuntas e a utilização das plataformas digitais neste difícil momento de pandemia”, concluiu.

Participaram da reunião os presidentes da ESA nas subsecções de Canindé, Ana Rebeca Sousa Jorge Alves; Crateús, Aline Ignácio Teixeira; Crato, Helther Dias; Inhamuns, Maria Nair Vilma de Freitas; Iguatu, Maria Nazaré Uchôa Gomes; Itapipoca, Deysiane Souza da Silva; Juazeiro do Norte, Filipe Menezes  Santana Bezerra; Litoral Leste, Lúcio Telmo Meireles de Oliveira Junior; Maciço de Baturité, Taffarel Deibson Lopes Silveira; Serra da Ibiapaba, Michely Moreira Barros; Sertão Central, Zhandra Gomes de Carvalho; Sobral, José Aurélio Gabriel da Silva Filho; Vale do Jaguaribe, Deyvson  Ribeiro da Silva; e Vale do Salgado, Ana Angélica da Silveira Nojosa.

Também prestigiaram o encontro os presidentes das Subsecções da OAB no Crato, Reno Feitosa; Itapipoca, Eurian Teixeira; Juazeiro do Norte, Francivaldo (Vavá) Lemos; Maciço de Baturité, Janaína Nunes; Sertão Central, Davi Pordeus; Vale do Jaguaribe, Richardson Reis; Vale do Salgado, Kléber Colares; e Sobral, Rafael Ponte.