A Escola Superior de Advocacia do Ceará (ESACE) empossou nesta quarta, 02, a coordenadora do projeto ESA Cultural que visa expandir as ações da Escola para a comunidade em geral que trará parceria com editoras.

Esa Cultural é o projeto de interface com editoras para garantir descontos em livros, incentivar publicações no âmbito jurídico, promover feiras de livros e arrecadação e doações de livros para instituições com atendimento social em ações de promoção da leitura.

Com o projeto ESA Cultural e as ações sociais em prol da leitura a Escola Superior de Advocacia do Ceará (ESACE) amplia sua missão de transformar a vida das pessoas por meio da educação, para além da comunidade jurídica, e com o apoio destes, levando a oportunidade de acesso à livros, de forma gratuita, por pessoas com pouco acesso a esse tipo de produto.

Andrei Aguiar, presidente da ESACE, ressalta as ações sociais que se seguem a partir do projeto: “trata-se de mais um projeto pioneiro e inovador, onde buscaremos atender não apenas aos advogados, embora este seja o foco prioritário, mas também cumprir bem a nossa missão social, levando livros para escolas e pessoas carentes”.

Para a coordenadora do projeto ESA Cultural, Catherine Jereissati: “Um dos objetivos do projeto é aproximar ainda mais os advogados da cultura, da literatura, e trazer mais oportunidades para a classe possa usufruir junto a ESACE.”

É a Escola Superior de Advocacia do Ceará trazendo novidades e grandes projetos para a advocacia cearense.