Abas primárias

A Escola Superior de Advocacia do Ceará (ESA-CE) acaba de realizar o curso de Advocacia Criminal no Inquérito Policial, voltado para aqueles que já atuam ou desejam atuar na área. A capacitação, com carga horária de 12h/a, abordou temas relacionados à investigação criminal, bem como os peticionamentos mais comuns durante os processos.
 
O professor do curso e delegado da Polícia Civil do Estado do Ceará, Márcio Gutierrez, afirma que nunca foi tão importante se atualizar nessa área e atribui o sucesso das inscrições ao interesse dos alunos, impulsionado pelas mudanças na legislação: “Esse curso é extremamente importante para aqueles que militam ou possuem interesse em militar na área criminal. As mudanças trazidas pela lei 13.245/2016 ampliaram a atuação do advogado na instrução do inquérito policial”, ressalta.
 
Os tópicos do curso foram divididos pelos principais assuntos que compõem uma investigação criminal, como: Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil; A eficácia da atuação do advogado na fase pré-processual; Fiança e restituição de bens apreendidos; Aspectos relevantes e alterações trazidas pela Lei 13.245/2016, entre outros.
 
Segundo o professor Márcio Gutierrez, um estudo mais aprofundado acerca da Lei 13.245/2016 é obrigatório para o profissional que deseja atuar no ramo da advocacia criminal, pois é fundamental conhecer todo o procedimento de investigação que efetivamente culminará em um processo criminal: “Os advogados devem estar cientes de suas prerrogativas e seus limites na atuação para poder desenvolver um trabalho de qualidade”, conclui.
 
Devido ao sucesso das inscrições e a relevância do tema, novos alunos com interesse nesta capacitação devem entrar no site da ESA-CE e preencher o campo “Avise-me”, na aba Cursos Presenciais, a fim de receber informações sobre novas turmas.