Grátis
Garante desconto na anuidade: 
Não
Vagas disponíveis: 
0

Tenho interesse nesse curso e gostaria de ser informado quando estiver aberto para novas inscrições.

Presencial
Informações
Dias: 
25 de setembro de 2017
Horário: 
17 às 18 horas
Local: 
ESA (Av. Desembargador Moreira n° 2355 B – Dionísio Torres).
Carga Horária: 
40 horas

Coordenador Geral: Dr. Marcelo Muniz

Tutores credenciados pela OAB JOVEM

TUTORIA DA JOVEM ADVOCACIA

Objetivo – Dar oportunidade ao Jovem Advogado com até 2 (dois) anos de experiência para conhecer a pratica jurídica com acompanhamentos individuais e em grupo.

 

Participação na Tutoria:

1) Poderão se inscrever no programa de Tutoria da Jovem Advocacia, advogados(as) que possuem até 2 (dois) anos de experiência na advocacia

2) O regulamento, constante do requerimento, será lido na reunião de credenciamento. Ocasião em que serão escolhidos mediante sorteio os(as) Tutores(as);

3) A Tutoria se divide em dois momentos:

a) Tutoria Individual – Quando o Tutorado acompanha um(a) advogado(a), Tutor, mais experiente, durante seu expediente de trabalho. (diligências, escritório, audiências, etc)

a.1) O(A) Tutorado(a) acompanhará dois advogados, sendo dois dias com cada advogado, fazendo um total de quatro dias de acompanhamento.

a.2) Os dois dias de acompanhamento com o(a) advogado(a) tutor(a) ocorrerão no prazo de 30 (trinta) dias a contar do sorteio.

a.3) A cada turma de tutoria será criado um grupo no WhatsApp para garantir que todos os(as) tutorados(as) concluam o programa.

b) Tutoria em Grupo - Quando o(a) Tutorado(a) participa de um grupo de advogados que estão sendo tutoreados na ESCOLA SUPERIOR DE ADVOCACIA.

Obs: Ao final do ciclo (tutoria individual e em grupo) os tutorados(as) receberão certificados de participação do programa Tutoria da Jovem Advocacia.

 

A ESA se reserva no direito de adiar o início do curso, alterar o professor se necessário, bem como, no caso de não ser atingido o número mínimo de inscrições para o financiamento do curso, cancelar sua realização, sem que isso implique infração contratual, nem possibilite ao aluno cobrar qualquer tipo de reparação a essa instituição.